Buscar
  • One Branding

Fake News em tempos de covid

Se antigamente já escutávamos falar “não acredita em tudo o que você vê na televisão”, hoje, com o alcance da internet a desconfiança precisa ser maior ainda. Cada vez mais estamos expostos aos estímulos das nossas telas, e com a quarentena esse hábito acabou se intensificando, já que o volume de conteúdo só aumenta. Assim parece quase impossível não cair em uma Fake News, mesmo que você fique muito atento ao que está consumindo, uma informação ou outra pode passar despercebida e causar certo tumultuo.



Apesar do termo já estar em alta desde 2016, com a pandemia do Covid-19 e as instabilidades do governo, a maior onda de Fake News foi registrada. Em um estudo realizado pela Avaaz, uma organização de mobilização social, cerca de 110 milhões de pessoas acreditam em pelo menos uma notícia falsa sobre a pandemia, no Brasil – o que corresponde a sete em cada 10 brasileiros. Ele ainda aponta que as redes sociais são os maiores palcos para propagação.


Mesmo a facilidade do contágio chegado acompanhada pelo crescimento do repasse de mentiras, muitas iniciativas foram tomadas por grandes jornais e noticiários, a fim de tentar brecar a prática de propagação das notícias falsas. Os esforços também foram percebidos através dos mais de 20 projetos de lei estaduais que surgiram pedindo punição para quem compartilhar ou publicar alguma Fake News.

Sabemos que é trabalhosa a tarefa de ficar checando, entrando em mais de um site e verificando fontes confiáveis, ainda mais em tempos tão estressantes em que acessamos as redes sociais principalmente para distrair um pouco nossa cabeça. No entanto, é necessário. Como você pode fazer?


- Avalie a fonte que publicou a notícia .

- Vá além do título e subtítulo.

- Pesquise a notícia em mais de um site.

- Confira a data de publicação.

- Questione tudo o que você lê.

- Pesquise em sites de checagem de fatos, como: Agência Lupa (https://piaui.folha.uol.com.br/lupa/), #Fato ou #Fake (https://g1.globo.com/fato-ou-fake/) e Aos Fatos (https://www.aosfatos.org/).


Assim como todas as dificuldades da vida, essa também será superada. Pode ser que demore um pouco, mas não podemos deixar que as mentiras se espalhem por preguiça de checar o que lemos.


A regra é simples e a mensagem é básica: só repasso depois que checo.

23 visualizações

© 2019 By @ONEBRANDING

Rua Frei Caneca, 1407 - Consolação,

São Paulo - SP, Brasil