Buscar
  • One Branding

Tendências de consumo digital e novas conexões

Já comentamos algumas vezes sobre os impactos que a pandemia do Covid-19 e o isolamento social poderiam gerar nos nossos relacionamentos. No entanto, apesar de muitas mudanças parecerem nos afastar um dos outros, uma pesquisa do ThinkWithGoogle mostrou quais os impactos positivos na forma que nos conectamos e as próximas possíveis tendências de mercado.  



Apesar da fadiga, solidão e ansiedade, muitas transformações foram aceleradas com o isolamento e possibilitadas pelas novas tecnologias. Em resumo, sete áreas foram as mais impactadas e são passíveis de novos insights e oportunidades, são elas: consumo, educação online, trabalho, entretenimento, logística, segurança na internet e família.


Com o objetivo de ajudar e otimizar momentos de adversidade, como o qual estamos passando, os recursos e ferramentas digitais se tornaram mais do que nunca nossos aliados. Algumas plataformas que já existiam ganharam ainda mais importância na nossa rotina, como por exemplo as chamadas por vídeo, o YouTube, e as lives do Instagram. A pesquisa do New Behavior Due to Covid - GSC, afirma que para 30% dos brasileiros conectados, os vídeos são a forma favorita de conteúdo.


Definitivamente esse é um universo que está crescendo e impactando em comportamentos sociais. E para marcas que desejam se destacar nesse ramo é necessário analisar tipos de linguagem, explorar aspectos visuais e levar conteúdos diferentes dos já produzidos. Mas nesse espaço que é tão grande e cheio de oportunidades, como decidir no que focar? 


Segundo a análise do ThinkWithGoogle, 56% dizem que vídeos e filmes são as ferramentas mais necessárias durante a pandemia. Além disso, foi notado um aumento de 450% no crescimento médio das buscas diárias por lives, e um crescimento de 36% nos gastos com streamings. E aonde tudo isso nos leva? A um mundo de possibilidades. 


No quesito educacional, as empresas estão fazendo trabalhos muito interessantes de conscientização e campanhas contra dificuldades como o aumento de feminicídio, fake news, sustentabilidade e muitos outros temas. Como já falamos por aqui, é importante que as empresas se posicionem, mas trazer conteúdos de entretenimento são extremamente necessários, principalmente diante um período tão delicado. Três estratégias que sendo bastante abordadas são:

  • Tecnologia imersiva: práticas de e-sports, visitação a museus ou lugares históricos, shows, teatros, cinemas e outros que te levam para outras história e realidade sem sair de casa. 

  • Chatbots: apesar de ser uma tecnologia de otimização de funcionalidades, esses assistentes virtuais estão se tornando cada vez mais reais e estão sendo usados de forma natural e com mais interações. 

  • Atividades colaborativas a distância: seja na formação de um grupo de estudos ou entre uma comunidade de vizinhos a interação online está cada vez mais comum. Algumas empresas têm explorado esse hábito e estão se inserindo no dia-a-dia dessas pessoas e deixando-as participar de processos de criação de produto, enquetes e outras coisas que envolvem o público com a marca. 

O que deve ficar de tudo isso? É impossível ter uma resposta 100% certa e que garanta quais serão as próximas tendências, mas ao especular podemos ter certeza que novos caminhos estão por vir.


13 visualizações

© 2019 By @ONEBRANDING

Rua Frei Caneca, 1407 - Consolação,

São Paulo - SP, Brasil