Buscar
  • One Branding

Inteligência é a capacidade de se adaptar às mudanças

Atualmente, o cenário da pandemia já se estende por quase 6 meses e junto deste período iniciou-se uma compreensão geral de que grande parte das mudanças e adaptações que estamos vivendo não serão efêmeras como o vírus. As pessoas já não consomem mais como antes, o mundo que conhecíamos tem passado por transformações diárias, e o isolamento nos fez dar um passo em direção ao futuro. Foi como jogar o dado e avançar 10 casas no jogo da vida, exigindo de nós e das marcas a compreensão e análise do que fazer para suprir as novas necessidades que essa transformação veloz nos exigiu.


Se exercer a lista de tarefas básicas diárias a distância antes parecia loucura, hoje já faz parte da rotina de grande parte das pessoas. A chegada do COVID-19 afetou a maneira como nos divertimos, consumimos, socializamos e nos relacionamos. Esse período de isolamento foi algo nunca vivido antes, e prever como será o funcionamento de tudo após o surgimento de uma vacina é muito difícil.


Na busca por respostas, o GoogleThink realizou uma pesquisa com alguns indicadores de como pode ser o cenário futuro e quais serão as tendências de consumo. Uma das principais mudanças será na forma que as empresas se comunicam, de modo que os consumidores esperam mais atenção delas e valorizam um diálogo em torno de seus propósitos e valores. Os consumidores nunca estiveram tão atentos em relação à postura das marcas quanto agora. Quais atitudes as empresas estão tomando em um momento de crise serão julgadas pelo valor social mais do que nunca.


Um dos principais insights da pesquisa foi na abordagem sobre os 3 tipos de consumo que podemos enfrentar, e que são comuns em momentos “pós traumáticos”. Esses tipos são os considerados “novos normais”: o consumo de subsistência, o consumo de celebração e o consumo de reflexão (sem excessos e sustentável). No entanto, essa ideia é apontada sendo pautada pela desigualdade, sendo que as classes com maior renda são motivadas pela celebração enquanto as com menor renda buscam pelo consumo de subsistência.


Você provavelmente deve ter percebido que estamos rompendo naturalmente durante esse período com muitos padrões de consumo lineares, e deve estar se perguntando, o que devemos realmente esperar das formas de consumo de amanhã?


Uma das coisas que você pode ter certeza é que as plataformas digitais serão suas principais aliadas. Tanto para medir o desempenho e gerenciar todas as fases da jornada do consumidor, quanto para maximizar o fluxo e as conversões, você contará com a internet. A última pesquisa de CMO do Gartner, também mostra que é importante selecionar ferramentas que tenham recursos de dados avançados, capacidades preditivas e opções de automação.


A era pós-pandemia testará a verdadeira resiliência das marcas e sua capacidade de crescer. Aqueles que ancoram a comunicação em torno de mensagens fundamentais e alinham estratégias rapidamente, irão penetrar e testemunhar um crescimento monumental. Como já dizia o renomado cientista Stephen Hawking, a “Inteligência é a capacidade de se adaptar às mudanças”.



23 visualizações

© 2019 By @ONEBRANDING

Rua Frei Caneca, 1407 - Consolação,

São Paulo - SP, Brasil