Buscar
  • One Branding

diversidade nas empresas

Muito ouvimos falar sobre diversidade nos dias de hoje, e a cada dia que passa, a discussão

ganha ainda mais espaço - ainda bem. O tema é sensível e bastante amplo, e está ganhando maior

atenção dentro das empresas. Você já deve ter conhecido alguém que te contou que na

empresa em que trabalhava era idealizado a igualdade salarial entre os gêneros, a inclusão de

deficientes físicos ou de pessoas transexuais, mas na prática não era exatamente o que acontecia na folha contratual.



Quando pensamos na diversidade precisamos tratá-la de forma que não a banalize,

principalmente em ambientes corporativos. Não é um assunto qualquer que está em alta e por

isso também devemos discuti-lo. A diversidade é uma ideia que pode e deve, ser tratada

dentro de uma empresa com convicção e responsabilidade sobre o que está sendo dito.


Dados de uma pesquisa realizada pela Opinion Box e pela Revista HSM Management em 2019,

mostram que no Brasil 29% das empresas não contam com nenhum colaborador com

deficiência e que 37% dos profissionais afirmam já ter vivenciado algum tipo de discriminação

nas empresas em que trabalham.


Pense na empresa que você faz parte, questione se o tudo que é falado realmente acontece. As

vezes vale a pena se perguntar até no âmbito pessoal, “se eu falar sobre esse assunto vou estar sendo conivente com meus atos?”. Não se engane, as pessoas têm memória e são munidas de informações, é preciso ter coerência e consistência com seu descurso. A vontade de ser atualizado e alinhado com os tópicos do seu tempo pode ser grande, mas é preciso tirar os discursos do papel.


No final das contas, será que dá para espear uma real implementação de diversidade dentro das empresas ou esse vai ser mais uma das importantes pautas do nosso país que acabam sempre se limitando a uma # ? Pense por exemplo, em todos os tipos de corpos, raças e etnias que existem no mundo, com diferentes genéticas, culturas, relações e entre outros. Reduzir tudo isso em apenas

uma palavra pode limitar toda ação em uma “bandeira”.


Por enquanto, podemos ir modelando as empresas cuidadosamente. Você pode começar com:


1. Reconhecer a mudança no entendimento global de diversidade (Raça, Etnia, Gênero, Orientação sexual, Filiação Religiosa, Geração, Incapacidade, Tipo de personalidade, Estilo de pensamento).


2. Criar um ambiente inclusivo – você não pode simplesmente implementar a diversidade sem implementar um processo de inclusão que precisa ser constantemente alimentado.


3. Use várias práticas e medidas – não realize apenas uma iniciativa pontual.


4. Garanta que os líderes modelem diversidade e inclusão.


5. Conexão entre inovação e diversidade – com mais pessoas pensando diferente aumentam a inovação e reduzem o risco comercial.


Quando isso tudo é respeitado e existe um compromisso, é uma oportunidade para abrir

espaço para outras pessoas e evoluir como empresa. Aprender a aproveitar a diversidade global do local de trabalho está longe de ser simples, e gerenciar, manter e medir seus esforços levará tempo.

Mas é um trabalho extremamente necessário e importante que merece sua atenção e respaldo.

16 visualizações

© 2019 By @ONEBRANDING

Rua Frei Caneca, 1407 - Consolação,

São Paulo - SP, Brasil